0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Clássico bate-e-volta na região da Toscana, aqui a gente compartilha todas as informações para visitar Siena a partir de Florença.

Siena é cidade linda, classificada pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade, e pequena, perfeita para ser visitada em um dia. Para quem estiver hospedado em Florença é simples chegar até lá.

Como chegar à Siena a partir de Florença

Apesar do meu primeiro pensamento de viagens pelo interior da Itália ser trem, para conhecer as pequenas cidades da Toscana o ideal é usar as estradas. Os trens ficam longe do centro e através de estradas rápidas é bem fácil e rápido chegar de ônibus em Siena.

Saindo de Florença, você deve pegar o ônibus no terminal Autostazione Sita Firenze que fica na Via Santa Caterina da Siena 15, bem próximo da estação de trem Santa Maria Novella. É possível checar os horários disponível online nesse site.

A viagem dura cerca de 1h15 na versão rápida ou 1h35 na linha regular e custa 7,80 euros cada trecho.

Chegando em Siena, o ônibus deixa bem próximo da área central da cidade e depois sai do mesmo local.

O que fazer em Siena

Em uma cidade como Siena a minha sugestão será sempre a mesma: andar pela cidade.

É possível conhecer toda a cidade a pé sem dificuldades e a graça é ir explorando tudo sem pressa e meio sem rumo. A cidade é uma graça e parece que você está em outro século enquanto anda pelas ruelas de pedra.

A Piazza del Campo é o centro de Siena, uma praça ampla onde acontece, duas vezes por ano, a tradicional corrida de cavalos Palio di Siena desde o século XVII.

A praça está circundada de restaurantes e cafés. Também ali estão o Palazzo Pubblico, onde hoje se encontra a prefeitura e é a sede do Museu Cívico e sua torre de 102 metros de altura chamada de Torre del Mangia.

Do outro lado da praça está a Fonte Gaia, feita em mármore branco, completa a beleza da área.

Quando estivemos lá, resolvemos arrumar um mapa para guiar a gente. Usamos os pontos de interesse destacados no mapa como “desculpa” para ficar vagando pelas ruas atrás deles e acho que essa é uma boa dica para não ficar rodando em círculos por lá.

O Duomo de Siena também vale o destaque, podemos chamar a igreja de irmã menor do Duomo de Florença também feita de mármore branco, rosa e verde.

Outras atrações na cidade são a Basilica Cateriniana di San Domenico, a Pinacoteca Nazionale e a Fortezza Medicea. Mas repito, o melhor programa na cidade é vagar pelas ruas medievais.

Curiosidades

Pelo o que pesquisei, existe a lenda que a cidade foi fundada pelos filhos de Remo – um dos irmãos da lenda da fundação de Roma, tudo em família por aqui.

Por esse motivo existem várias representações dos irmãos Remo e Rômulo sendo amamentados por sua mãe-loba pela cidade.

Ao contrário dessa suposta familiaridade com Roma, Siena era rival de Florença. Aquela eterna briga medieval por poder, prestígio e relevância artística, digamos.

Hoje já fizeram as pazes (rs) e o bate e volta para Siena a partir de Florença é um must-go para quem tiver uns dias a mais na capital toscana. 😉

Tem mais dicas da Itália aqui! É só clicar no banner abaixo! 😉

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

5 Comments

  1. Pingback: Guia de Florença: dicas de hospedagem, o que fazer, compras e mais - Coletivo de Viagem

  2. Tenho muita vontade de conhecer Siena!
    Adorei as fotos!

  3. Camila, e sobre Nápoles? Você tem alguma dica?
    Estou na duvida especialmente de onde ficar.
    Obrigada.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *