0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Tão pertinho da gente aqui no Brasil, o vizinho Uruguai, foi o destino dessa viagem no melhor estilo bate-e-volta. Menos popular entre os brasileiros que as terras hermanas argentinas, o Uruguai é um destino super legal que pode ser conhecido, com algum esforcinho, em um final de semana prolongado.

Sempre acho que em qualquer destino é possível ficar mais dias e aproveitar ainda mais, só que infelizmente nem sempre temos tanto tempo assim. Aqui vão algumas dicas de roteiro para aproveitar 3 dias em solo uruguaio.

Montevideu (Praça da Independecia, Teatro Solis e Sarandia)
Praça da Independência, Teatro Solis e Sarandía

Pegamos o avião na quinta-feira e chegamos de madrugada em Montevidéu. Então conseguimos aproveitar a sexta-feira inteira. Nosso hotel ficava em Pocitos e aproveitamos para ir andando até a famosa avenida 18 de Julio. Não é exatamente perto, mas foi uma caminhada agradável, acho que é a melhor maneira para conhecer a cidade.

Andando da Av. 18 de Julio até o Mercado Del Puerto, nosso destino final, passamos pelas várias atrações da cidade. O Mercado de los Artesanos situada na Plaza Cagancha reúne o trabalho de diversos artesões e merece uma paradinha.

Nos arredores da Praça da Independência está o Palácio Salvo, um dos prédios mais emblemáticos de Montevidéu , já foi considerado o prédio mais alto da América do Sul. Logo perto também está o Teatro Solis, principal e mais antiga casa de espetáculos da capital.

Continuamos o passeio pela Cidade Velha, passando pela Sarandí, uma rua de pedestres com barraquinhas de artesanato pelas calçadas que vale ser caminhada sem pressa. O passeio termina do Mercado Del Puerto, um ótimo lugar para almoçar, com várias opções de restaurantes para experimentar a parrilhada uruguaia.

Nossa ideia de almoço era no El Palenque, restaurante que tinha lido boas recomendações na internet, mas chegando no Mercado acabamos mudando de ideia. Explico: no Uruguai existe uma taxa chamada cubierto, é um valor por pessoa que se paga apenas para sentar no restaurante, mas nem todos os restaurantes cobram. A taxa do El Palenque era bem altinha enquanto no restaurante que escolhemos, o Róldos (que também tinha lido boas críticas) não cobrava nada, ou seja, fiquem ligados!

Pedimos 3 pratos de carne: bife de tira e picanha, cada um vinha com um acompanhamento (salada, arroz milanês e batata frita foram os escolhidos, mas tinham outras opções) e dividimos para 5 pessoas. De entrada vieram uns pães com temperos e manteiga e pedimos um provolone que eles fazem na brasa, delícia. A conta dos pratos mais algumas cervejas Patrícia deu 1647 pesos uruguaios.

Montevideu (Sofitel Carrasco)
Sofitel Carrasco

À tarde, fomos até Carrasco, bairro mais luxuoso da cidade, para conhecer o monumental Sofitel Carrasco. O hotel é um dos pontos turísticos da cidade, com um a arquitetura imponente as margens do Rio da Prata. Vale a visita e com certeza dá vontade de se hospedar com esse glamour, né?

Montevideu - La Passiva
Chivitos

Mais tarde, fomos ao Shopping Punta Carretas dar um volta rápida, aproveitamos para ir ao supermercado e comprar alguns alfajores. <3

Jantamos no restaurante La Passiva, que tem várias filiais pelo país. Lá, comemos o famoso chivito uruguaio, em suas duas versões: no pão e no prato. No pão é um sanduíche de carne com ovo, alface, tomate, queijo, lembra um pouco um hambúrguer mesmo, mas no prato vem com mil acompanhamentos e serve tranquilamente duas pessoas, super recomendo! Estávamos com vontade de provar de tudo então além do chivito pedimos panchos, um cachorro quente simples, só pão com salsicha mas pode vir acompanhado de bacon, queijo ou presunto, provamos as duas primeiras opções e, apesar da simplicidade, são bem gostosos. Pra finalizar a noite de gordices ainda rolou uma pizza, que por aqui vem diferente de como estamos acostumados, a muçarela vem por cima do topping, pedimos de champignon e ele vem escondido embaixo do queijo.

Esse último parágrafo me deu saudade e bastante fome em especial… A nossa conta no La Passiva deu 1350 pesos uruguaios com bastante comida e refrigerante.


Infos:

  • Mercado de los Artesanos
    Ao longo da Av. 18 de Julio, na praça Cagancha 1865
    Segunda à sábado | 10h às 20h.
  • Hotel Sofitel Montevideo Casino Carrasco & Spa
    Rambla República de México 6451

Classificação:

Viagem: Família | Casal | Amigos | Sozinho
Custo: Mochileiro | Intermediário | Luxo
Duração: 24h | Fds | Semaninha | Mês inteiro | Intensivo de viagem

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

2 Comments

  1. Camila,

    Lindo texto! Gostei das sugestões.. Quero saber mais coisas do Uruguai,.

    Daniela

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *