41 Flares Twitter 0 Facebook 41 Pin It Share 0 Filament.io 41 Flares ×

Cusco está a 3400 metros de altitude, li que começamos a sentir os efeitos da altitude quando passamos de 2800 metros, ou seja, prepare-se para enfrentar o soroche ou mal de altitude. Os principais sintomas costumam ser: dor de cabeça, falta de ar, náusea, tontura, fadiga e coração palpitante.

Acho que a dica fundamental aqui é: aclimatação. No dia que você chegar em Cusco contenha a ansiedade e fique quietinho. É importante descansar para que o corpo se adapte ao ar mais rarefeito.

Eu cheguei em Cusco por volta das 16h, fiquei no meu quarto descansando, saí mais tarde só para dar uma volta e jantar. Nesse primeiro passeio, procurei andar com calma, sem pressa.

Durante os 6 dias que fiquei na cidade experimentei alguns episódios de náuseas e dor de cabeça, nada muito forte ou muito grave, mas me sentia estranha e um pouco mais cansada depois de cada caminhada. Subir as escadas e ficar ofegante é normal – e eu não tenho uma vida sedentária.

Além disso, durante o inverno e a temporada de seca (abril a outubro) o clima é bem bem bem seco, daqueles que arrebenta a boca e o nariz, ou seja, importante levar hidrante e beber muita água.

Soroche (1)
Ops, sem alcool! (pelo menos no primeiro dia)

Dicas:

– Descanse o primeiro dia;

– Evite comer alimentos pesados e b1438373256350.1ebidas alcoólicas, principalmente nos primeiros dias;

– Chá de coca é um bom aliado, os hotéis costumam oferecer de graça. Existe também bala de coca vendendo em todos os lugares e também é possível mastigar a folha. (Breve adendo: li em todos os lugares que o coitado do chá de coca era horroroso, impossível de beber, um verdadeiro sacrifício – gente, nada demais, bom realmente não é, mas tem gosto de mato, sem graça: joga um açúcar que tá tranquilo);

– Me recomendaram tomar a Soroche Pill, não comprei porque, sinceramente, achei muito caro e como não passei muito mal, não achei necessário (quem está pensando em tomar esse remédio, vale a pena consultar o seu médico antes – apesar de ser vendido sem prescrição é sempre bom ficar ligado) ;

– Mantenha-se hidratado, principalmente no inverno;

– Não abuse – essa não é uma viagem para se fazer correndo, literalmente. Faça passeios em um ritmo moderado e não faça esforço físico desnecessário.

Soroche (3)
Não abuse nas ladeiras – vá com calma e aproveite!

As dicas são bem básicas e podem ajudar a ter uma viagem mais tranquila – então dá pra combater o soroche e curtir a viagem!

Veja as primeiras dicas de Cusco

41 Flares Twitter 0 Facebook 41 Pin It Share 0 Filament.io 41 Flares ×

6 Comments

  1. Muito bom adorei….o post e o seu blog!

  2. Pingback: Cusco: conhecendo o umbigo do mundo - Coletivo de Viagem

  3. Pingback: Viagem para o Peru: roteiro de 10 dias - Coletivo de Viagem

  4. OIE!! Quanto saia a SOROCHE PILL?? qts capsulas??

    Valeu pelas dicas!!!

    Abraço

    • Olá Guga, no aeroporto de Lima vendia a caixa com vários, era caro, não anotei quanto era. 🙁
      Pelas ruas de Cusco, tem algumas farmácias que vendem unidade por um preço mais aceitável. E claro, muitos lugares vendendo bala e folha de coca.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *