0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Dizem que a primeira impressão é a que fica, não é? Pois então, aqui estou eu dentro de um ônibus noturno saindo de Copenhagen em direção a Oslo durante a noite, como de costume, eu dormi. Ao abrir os olhos fiquei boquiaberto. O que eu vi foi uma natureza exuberante, o verde se juntando ao fiorde e uma cidade no meio disso tudo. Aqui reúno algumas dicas sobre o que fazer em Oslo.

Oslo já me impressionou de cara, a natureza da Noruega é absolutamente linda e diferente de tudo que eu havia visto antes. A cidade é limpa, organizada, o povo é bonito, a língua é um desastre, mas ainda bem que todo mundo fala inglês.

Oslo tem tudo de bom! Único defeito é que álcool é muito caro na Noruega. Em um bar, prepare-se para gastar 8 a 9 euros em uma cerveja. A moeda usada na Noruega não é Euro! Só para lembrar, são coroas norueguesas. Outra coisa diferente de Oslo é que no verão anoitece mesmo lá pras 11 da noite e 4 horas da manhã já começa a amanhecer.

O que fazer em Oslo

O primeiro ponto turístico que eu visitei em Oslo foi o Museu do Ski. O museu em si é até interessante, mas o mais interessante é a vista que ele tem para cidade e para o fiorde de Oslo. Depois fomos ao museu dos barcos Vikings, tem três barcos lá e é isso. Em outro dia fomos ao museu de história de Oslo onde se encontra em exibição o único capacete Viking ainda existente no mundo.

Um lugar impressionante em Oslo é o palácio real da Noruega e seus jardins. Você pode passar o dia inteiro ali descansando (se for verão), mas falando em jardins não podemos deixar de citar o Frognerpark que é um parque lindíssimo, um dos mais bonitos que já vi, com centenas de esculturas de pessoas peladas, a mais famosa é a de um bebê chorando e batendo o pé.


Perto do porto de Oslo se encontra um forte, subindo um pouco o forte, é interessante visitar, mas ao lado do forte existe um barzinho ao ar livre com uma vista sensacional. Agora chegamos na parte que eu gosto, sentar ali, assistir ao pôr do sol e curtir a vista tomando uma cervejinha, dá pra ficar melhor que isso?

Pior que dá! A cidade de Oslo, além da parte continental, conta com algumas ilhas com ligação direta à parte continental por meio de balsas. Visitar uma dessas ilhas é uma necessidade! Eu visitei a ilha de Hovedøya, a ilha é absolutamente linda, existe lá também ruínas de um monastério e segundo o wikipédia, uma raposa habita a ilha.  

Muitas pessoas aproveitam a ilha para passear com suas famílias e se banhar nas águas do fiorde, eu fiz o mesmo. Andei praticamente a ilha toda querendo ver a tal raposa, mas não achei. Quando desisti e resolvi retornar ao porto para pegar a balsa para voltar à Oslo, uma bela surpresa, no caminho de volta lá estava ela! Linda! A Raposinha!

 

Eu fiquei duas semanas em Oslo mas não sou lá de visitar muitos pontos turísticos, prefiro os pequenos prazeres, me apaixonei pela cidade e essa cidade está na minha lista para retornar um dia antes de morrer! Tem mais dicas sobre o que fazer em Oslo? Compartilha com a gente nos comentários e pelo facebook e instagram!

Mas minha passagem na Noruega não se restringiu somente à Oslo, fui conhecer a famosa pedra “Trolltunga”. Mas essa história fica para a próxima semana!

Até lá!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

One Comment

  1. Pingback: Guia de Trolltunga, a famosa pedra lingua de troll - Coletivo de Viagem

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *