274 Flares Twitter 0 Facebook 274 Pin It Share 0 Filament.io 274 Flares ×

Destino principal de 9,9 entre 10 viajantes que estão no Peru, finalmente estamos nos aproximando de Machu Picchu, para isso, é necessário chegar antes na cidade base de Águas Calientes que é o ponto de partida para a famosa cidade inca.

No dia que fizemos o passeio em Chinchero, Maras e Moray, fomos deixados pelo guia na estação de Ollantaytambo para pegar o trem até Águas Calientes.

Todas essas compras (passeio com o guia, passagem de trem, entrada para Machu Picchu, entre outros) fechamos com uma agência que também é dona do hostel que nos hospedamos tanto em Cusco, quanto em Águas Calientes – Agência Pirwa. Fechamos um pacote para negociar um preço melhor e evitar dores de cabeça – o que na verdade não aconteceu, tivemos vários pequenos problemas. Enfim, não recomendo eles. 🙁

Águas Calientes (9)

Pegamos o trem da Peru Rail. Na ida era serviço Vistadome e na volta era Expedition. A diferença entre as duas categorias é pequena. O Vistadome é um pouco mais luxuoso e o lanche é um pouco melhor – sério, essas são as diferenças…  Na verdade o preço também não é muito diferente, a escolha geralmente é feita de acordo com o melhor horário.

Águas Calientes (12) Águas Calientes (11)

A viagem é lin-da! E os trens são ótimos, com super janelas gigantes para aproveitar cada pedacinho do caminho.

Águas Calientes (13) Águas Calientes (10)

Chegamos a Águas Calientes no final da tarde, fomos deixar as coisas no hostel e saímos para jantar. A cidade não é exatamente bonita e os restaurantes no geral não me pareceram muito bons. É bem pega-turista mesmo, masss entre no clima e aproveite.

Fomos dormir cedo – na medida do possível – para acordar ultra cedo no dia seguinte conhecer finalmente Machu Picchu <3

Águas Calientes (8)

Estava me achando super esperta achando que seria fácil acordar às 5h para pegar o primeiro ônibus às 5h30. A minha sorte foi que o guia me disse que as filas para o ônibus começavam antes das 4h!

Depois de acordar muito cedo, fui pra fila – que já era bem grande – por volta das 4h15.

Águas Calientes (1)
Foto para comprovar que madruguei na fila, rs

Pegamos o ônibus e finalmente chegamos em Machu Pic… ops, um pouquinho mais de fila para conseguir entrar no parque… rs

Detalhes importantes: o ticket para o parque de Machu Picchu te dá direito a entrar três vezes. Dentro do parque não tem banheiro nem lanchonete, só do lado de fora. Ou seja, quando chegar, antes de entrar, recomendo aproveitar para já ir ao banheiro.

A lanchonete é bem cara, é importante levar lanche e bastante água para aproveitar a cidade inca sem estresse. A cidade de Águas Calientes está bem preparada para receber os turistas que vão para Machu Picchu e por isso em todos os mercadinhos existem lanches individuais pensados para serem levados ao parque.

Além disso, enquanto eu estava na fila do ônibus muitas lojinhas já estavam abertas vendendo sanduíches, café, frutas, etc. Obviamente o preço é um pouco inflacionado, mesmo nos mercadinhos os produtos são um pouco caros. Mas mil vezes mais baratos que a lanchonete que fica ao lado da entrada de Machu Picchu.

Enfim, essa é toda a pequena maratona para chegar finalmente no nosso grande destino da viagem, no próximo post conto mais sobre a experiência fantástica de conhecer Machu Picchu.

Para quem quer uma opção mais barata (e mais ~suada~) de como chegar em Machu Picchu, é só conferir o relato do Bruno. 😉

Não deixe de conferir todos os posts do Peru. 😀 😀

Águas Calientes (15)
Machu Picchu: chegando antes do sol! <3
274 Flares Twitter 0 Facebook 274 Pin It Share 0 Filament.io 274 Flares ×

One Comment

  1. Pingback: Machu Picchu: finalmente na Cidade Perdida - Coletivo de Viagem

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *